sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

SAC 0800 TAM


Serviço de Atendimento ao Cliente TAM – Linhas Aéreas

0800-555-200 - (ligação gratuita)
0800-555-500 – Para deficientes auditivos (ligação gratuita)

11 comentários:

  1. Fiquei muita chateada com atendimento da funcionária ,fiz um questionamento para funcionária porque eu não conseguia resgatar as minhas passagem pelo menor ponto da companhia que seria 25 mil pontos por terço .a funcionária foi curta e grossa me informando que este pontos tem cartão com com .ou pagante informei que não seria certo seria descriminação ela me informou que regra da empresa .e temos que colocar isto na mídia como a tam faz com seus clientes pagantes .entao perguntei se poderia trocar as milhas para outra companhia que ia me atender ela me informou que não .que dizer e uma empresa injetada .se a empresa não tem competência para dar suporte para pessoas que junta sua milhas para fazer uma viajem ,então porque faz esta propaganda .cpf 00207347786 Mônica Maria Monteiro Maia Marques.não vou desistir dos meus direitos.espero que esta empresa de um grande porte que prepara tão mal seus funcionários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Afinal nosso atendimento não deve ser de acordo com o estado de humor do funcionário, não é mesmo?

      Excluir
  2. Amaury, sugiro vc abrir uma reclamação formal sobre este atendimento, pra não ficar por isso mesmo.

    ResponderExcluir
  3. MAIS UMA RECLAMAÇÃO DE FUNCIONÁRIO DA TAM: No dia 28/05 do corrente ano, no ônibus da TAM GUA-CONG das 9:30 hs, me foi furtada uma bolsa de couro, contendo pertences de uso pessoal (três sapatos, uma bota, roupas) , dois pendrives, um headphone. Fui dar queixa na policia civil por vários motivos suspeitos, e a policia civil me encaminhou para para F.C. Juizados Especiais cíveis, onde fiquei esperando por bom tempo por um agente de aeroporto da TAM (mais detalhes dou depois). Ao perguntar o motivo da demora, o referido agente em vez de representar a TAM me tratando com respeito e consideração, à altura dos meus 61 anos, pedindo desculpas ou coisa que o valha (imaginem; cansada, me sentindo lesada pelo acontecido, com tempo restrito para ir para casa e voltar a sair para o serviço, pois entrava às 13:00hs) disse textualmente com ares de deboche "SE SOUBESSE EU DEMORAVA MAIS ", na frente da escrevente e mais duas pessoas, além de estar muito por fora das leis do consumidor . Quando perguntei o nome, se negou a dar o ompleto, lógicamente foi fácil conseguir..... Então TEMOS DUAS COISAS: A DESAFORADA ATITUDE DE UM REPRESENTANTE DA TAM NAQUELE MOMENTO E A RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA DA TAM EM RELAÇÃO AO FURTO. Espero ipso fato uma resposta adequada.
    Se passaram 5 dias e nada de resposta....

    ResponderExcluir
  4. o tam nao me forneceu o cod localizador

    ResponderExcluir
  5. nao tnho o codigo do localizador como faco, ja tentei entrar em contato com o atendimento nao consegui

    ResponderExcluir
  6. OI PESSOAL eu fiz uma viagem para a casa da minha mae . na volta o aviao foi embora antes da hora. teria que sair 14:30 porem saiu as 13:15 quando cheguei fui falar com a moça porem ela nao deu a minima atençao fiquei muito chateado .. resultado p/ vim embora tive que pagar outra passagem. liguei no sac e até agora nao tive resposta.. tive q pagar 650 em outra passagem. é claro que se a tam nao resolver eu vou com todo prazer resolver na justiça .. nao gosto de mexer com justiça mas acho que dessa vez será necessario..OBS: tam nao trate seus clientes como se nao fosse niguem e prestem atençao nos funcionarios que voces contratam. uns sem educaçao e outros totalmente sem preparo.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. O meu nome é Dalton Pereira dos Anjos, eu tenho 49 anos e moro em Belo Horizonte. No dia 07/05/2015, por volta das 20HS, eu comprei 02 (duas) passagens, uma para mim mesmo, e outra para a minha mãe, de Belo Horizonte à Salvador na Bahia, pela companhia TAM, através da intermediadora VIAJANET. Passagens reservadas para o dia 02/06/2015 (reserva:12635466).
    Ao fazer a compra, pela internet, cometi um erro e digitei o sobrenome da minha mãe errado. Onde deveria ser:
    ( Florita Oliveira Rodrigues ) , eu digitei ( Florita Oliveira Oliveir )
    Eu percebi logo o erro mas não consegui falar com a VIAJANET, que não atende nesse horário.
    Na manhã seguinte, eu falei com a VIAJANET e mandei foto do documento original da minha mãe para correção do nome junto à TAM.
    Foram varias ligações, para a TAM e para a VIAJANET, em um jogo de empurra, de impossibilidades de alteração do bilhete, e de responsabilidades na cobrança de multa no valor absurdo de 50% do valor pago, mesmo eu tendo ligado a apenas 13 HS. Apos efetuar a compra pela internet.
    Qual é a lógica dessa burocracia burra da TAM que quer me fazer cancelar as passagens e procurar outra companhia aérea e me roubar 50% do valor que eu paguei. O meu nome no meu bilhete está correto, a minha mãe viaja ao meu lado. Que sentido faz não corrigir apenas a ultima palavra no sobrenome da minha mãe que já tem 70 anos?
    A VIAJANET se esconde e me informa que TAM cobra uma multa de 50% para cancelar uma passagem marcada com antecedência de um mês. Será verdade isso?
    A TAM não quer me responder porque eu comprei as passagens pela VIAJANET
    E que lógica é essa que quer me punir por um erro de digitação, reconhecido na hora e comunicado tão logo vocês me possibilitaram, ha apenas poucas horas depois?
    Será mesmo que eu vou precisar de uma autorização judicial específica, para a minha mãe embarcar, uma vez autenticado o nome correto e comprovada a minha boa fé?
    Isso não pode estar certo, não pode ser constitucional. A palavra INDIGNAÇÃO, não exprime nem um décimo de milésimo do meu sentimento. Eu me sinto acorrentado, roubado, sufocado, estuprado, e esbofeteado. Independentemente do que for que me digam, eu não vou anuir, porque eu vivi toda a minha vida sem cometer um ato ilícito sequer e tenho consciência do que é certo. Eu não vou engolir mais essa.
    Todas as ligações estão gravadas. Faz parte do meu trabalho, influenciar. Se essa situação se confirmar, eu vou levar isso até as ultimas consequências, desde mobilizar familiares, amigos e clientes, para não preferirem a TAM e a VIAJANET, eu vou usar as redes sociais e todos os meios de divulgação em massa que eu puder, para o mesmo fim. Eu vou exaurir todas as possibilidades jurídicas mesmo que for para abrir precedente.

    ResponderExcluir